21 December, 2014

O tabu do câncer de mama

by Carolina Bastos No Comments
Outro dia voltando do trabalho, estava conversando com uma amiga e ela  contou o drama que sua família esta passando, mais precisamente sua irmã, que em um de seus exames de rotina ela descobriu que esta com Câncer de mama. No primeiro momento ela quis se trancar em seu mundo, se distanciou da família, dos filhos, do trabalho, mas aos poucos está tentando aceitar essa realidade temporária. Naquele dia nos despedimos e eu fui pra casa, no caminho só conseguia pensar nisso. Esse foi o mais próximo que estive sobre esse assunto.
Então resolvi pesquisar um pouco e entender sobre o assunto que pode acontecer com qualquer mulher. Quantas mulheres encontramos nas ruas que podem estar vivendo isso nesse momento, ou conhece alguém que está passando por esta situação? E  eu... voce, estamos vulneráveis a isso também, pode acontecer com qualquer um, então é interessante entender o assunto e as formas de prevenção ou ainda ajudar  pessoas que estão passando por isso.
Vamos então falar um pouco sobre o assunto. Ressalto que tudo que vou colocar aqui foram pesquisas que fiz na internet, não sou formada no assunto, para maiores esclarecimentos, é importante consultar um médico e/ou especialista, que estudou sobre o assunto e melhor como ninguém pode te ajudar. O intuito deste post é encorajar mulheres que passam por isso a lutar contra esse mal, e mostrar que sim, existe vida após o câncer. 

Oque é?

As mamas são formadas por glândulas que tem como papel a produção de leite, estas  que são conduzidas até os mamilos por canais chamados ductos. Quando as células da mama se dividem de forma indisciplinar ou crescem de forma desordenada pode haver o alojamento de tumores benígnos ou malígnos (câncer). Vale ressaltar que nem todo nódulo é câncer, ter nódulos nos seios não significa que terá câncer, um nódulo benigno sempre será benigno.

Como diagnosticar?

No auto-exame já pode ser identificado pela paciente, porém é importante procurar um médico e fazer exames mais precisos para identificar a doença. Outra forma de diagnosticar é através da mamografia.

Como se prevenir?

Não existe prevenção, oque existe são recomendações que te ajudam a identificar a doença em seu começo onde é maior a chance de cura.
As recomendações são:
  • Faça auto-exame periódico, preferencialmente no 7º ou 8º dia após o inicio da menstruação;
  • Procure um ginecologista a cada 2 anos se voce tem entre 20 e 40 anos. Após os 40 anos, a frequência é anualmente;
  • A mamografia, independente da idade do paciente deve ser realizada anualmente;
  • Se tem casos na família, deve ficar atento pois a doença pode ser passada de geração para geração;


Quais são os sintomas?

Em um primeiro momento, aparece como um nódulo no seio ou entre o seio e as axilas, a mulher não necessariamente vai sentir dor. 
Outros sintomas são:
  • Deformidade ou aumento da mama;
  • Retração de pele no mamilo;
  • Vermelhidão;
  • Dor e presença de liquido nos mamilos;


Qual a forma de tratamento?

O tratamento pode variar de mulher para mulher, tudo depende do tipo de tumor que ela tem. As formas de tratamento são:
  • Quimioterapia: São medicamentos que tem como função matar as células malignas;
  • Radioterapia: Tratamento feito por meio de radiação;
  • Hormonoterapia: Medicamentos que inibem a ação de hormônios femininos;
  • Cirurgia: Para retirada do tumor e em alguns casos mastectomia que é a retirada completa da mama.


Tem chance de cura?

A resposta é SIM, tem cura.
  • Diagnostico precoce pode elevar a mais de 90% a chance de cura;
  • Com o avanço da medicina, não faz-se necessário a remoção completa da mama entre 60% 70% dos casos;
  • Em alguns casos somente a cirurgia ja é suficiente para a cura total da doença, tornando desnecessários as quimioterapias e as radioterapias;
  • Após o tratamento da doença, há um acompanhamento de  5 anos para que seja possível um diagnóstico preciso de cura do câncer

Motivação e esperança

Agente nunca espera passar por isso, ai um belo dia voce levanta pra ir trabalhar, sai do banho e de frente para o espelho sente algo diferente no corpo, então resolve agendar um exame rotineiro e quando pega o resultado, é como se o mundo caísse sobre a cabeça. Manter a rotina, levar a vida numa boa, é a ultima coisa que voce pensa, pelo contrário o único pensamento é de que sua vida acaba alí, diante daquela folha de papel.
Depois vem o processo de aceitação, este é inevitável e o principal para a cura. Consultas e mais consultas médicas, orações, apoio de pessoas queridas, voce decide que vai lutar contra a doença, porque a vida vale muito mais a pena. 
O médico define a melhor forma de tratamento, enquanto voce escolhe qual lenço vai usar. Aquele olhar cansaço, não tem maquiagem que não resolva. 
Um dia voce decide fazer uma brincadeira com as amigas, compra a peruca mais estranha que vê na loja e vai ao encontro delas, entre um petisco e outro morrem de rir da sua criatividade.
Em uma segunda feira de chuva e frio, 6h da manhã o relógio desperta motivo na qual levam as pessoas a acordam mal humorada, ligar a função soneca do despertador, reclamar do emprego, da chuva, do céu... E voce la, num sorriso que não cabe no rosto agradecendo a Deus pelo lindo dia e por mais um dia de vida, porque voce venceu o câncer e tem a chance de continuar escrevendo sua história.

8 Coisas que se deve fazer após o tratamento:

  1. Plante uma árvore com seus filhos ou com alguém que te ajudou muito durante esse processo da sua vida;
  2. Escreva um diário, livro, blog, enfim... Compartilhe sua experiência com outras pessoas;
  3. Pule da asa delta, sério quem já passou por isso, saltar de asa delta é bica;
  4. Faça uma viagem para um lugar lindo;
  5. Faça um curso de fotografia (voce vai ter muito momento bom para tirar fotos);
  6. Ajude uma pessoa que precise muito do seu apoio;
  7. Faça um álbum de fotografia para mostrar aos seus netos um dia;
  8. Adera um amuleto, pode ser da sua religião, algo que tenha ganhado de alguém, uma foto, alguma coisa que goste muito para estar contigo em todos os momentos;



Sites que eu recomendo para quem quer entender melhor sobre o assunto:

Fundacao Laço Rosa : O site da toda a explicação sobre a doença e formas de tratamento
Cancer de Mama : O site foi criado por uma pessoa que descobriu que estava com a doença, depois de pesquisar em muitos sites sobre a doença, percebeu que só tinha informações técnicas, então resolveu criar o site com o intuito de explicar como é a doença, o tratamento através de sua própria experiência de vida. Este site também promove uma campanha chamada "Toque-se" com objetivo de incentivar mulheres a se auto-examinar, afim de prevenir a doença.